«Que velocidade, hein, gordo?!»

Mano Menezes, treinador do Corinthians, no final do encontro com o São Paulo, decidido por um golo de Ronaldo.

Nos festejos do golo, na sequência de um arrancada em velocidade, o avançado foi festejar junto ao banco e abriu um grande sorriso por algo que o treinador lhe disse. No final, Mano Menezes revelou que foi uma provocação o que fez sorrir Ronaldo: «Eu falei: "Que velocidade, hein, gordo?!". Foi por isso que ele sorriu muito.»

Ronaldo festejou o golo, que colocou o Corinthians na final do campeonato paulista, cruzando os dois braços e esticando os dedos, à imagem do que tinha feito o seu companheiro de equipa Cristian. Mas usou os dedos indicadores e não os médios, pelo que não incorre no mesmo risco que Cristian, que chegou a ter um inquérito policial aberto pelo duplo «manguito».