«Mais do que ninguém os jogadores não estão contentes. Os adeptos são exigentes, querem vencer todos os jogos, compreendemos perfeitamente e tudo iremos fazer para vencer. Às vezes as coisas não correm como queremos, mas matematicamente ainda é possível», defendeu o guarda-redes, esta sexta-feira, na antevisão da 25ª jornada, que terá lugar em Setúbal.

Foi, precisamente, no Bonfim que Quim se estreou no principal escalão, a 14 de Maio de 1995, então com a camisola do Sp. Braga, que vestiu ao longo de dez épocas. «Ficará sempre comigo, mas é mais um clube que irei defrontar», avisou, lembrando os objectivos da sua equipa: «São seis finais que temos obrigatoriamente de vencer e esperar que F.C. Porto e Sporting possam perder pontos.»

Para o guarda-redes, a receita está em repetir a exibição realizada frente à Académica, mas com a conquista do três pontos. «Estivemos bem, mas, infelizmente, a bola não quis entrar. Esperamos manter o nível exibicional e que a bola entre. Vai ser um jogo difícil [em Setúbal], pois, hoje em dia, todas as equipas são complicadas. O Vitória também está numa situação difícil, mas só nos resta vencer.»