«Devido ao ambiente que reina na Federação Checa e nos meios jornalísticos, renuncio à possibilidade de representar o país», afirmou o jogador à agência CTK esta quarta-feira. O jogador de 31 anos acrescentou ainda que o abandono também «é consequência dos últimos jogos de classificação» para o Mundial 2010.

A República Checa ocupa o quarto lugar do Grupo 3 da zona europeia da fase de qualificação para o Mundial-2010, com apenas 8 pontos, atrás da Irlanda do Norte (13), Eslováquia (12) e Polónia (10).

Longe do fulgor de outros tempos, as críticas às actuações de Ujfalusi têm sido constantes. Tomas Ujfalusi termina, assim, a carreira internacional com 78 internacionalizações e dois golos.