Na origem desta manifestação de protesto está a saída de Juande Ramos do clube em 2007. Na altura, o técnico rescindiu unilateralmente com o Sevilha para representar os ingleses do Tottenham, que lhe haviam feito uma proposta economicamente superior ao ordenado que auferia no clube espanhol.

Estes «Juandolares» - como já foram baptizados - podem ser descarregados através da Internet e impressos pelos adeptos que os quiserem lançar ao treinador do Real Madrid (veja aqui as notas polémicas).