vitória da seleção portuguesa de sub-21 em Israel (0-3)

 

«Demos um passo muito grande, gigantesco mesmo, rumo ao que pretendemos: o primeiro lugar do grupo», disse o selecionador, citado pela FPF.

 

Rui Jorge destacou uma «fantástica primeira parte», que colocou mesmo entre «as melhores efetuadas com este grupo». «Conseguimos um resultado confortável e até podíamos estar a vencer por mais ao intervalo», acrescentou, para depois assumir que «a segunda parte foi diferente, com a equipa a não manter a mesma qualidade», ainda que o jogo «tenha estado sempre controlado».

 

A fechar, o selecionador destacou ainda a coesão defensiva da equipa, enaltecendo o quarto golo consecutivo sem sofrer golos, algo que «iguala o melhor registo de uma seleção sub-21 em fases de apuramento».