Com apenas um terço dos jogos por realizar, o F.C. Porto parte para a última recta com mais dois pontos do que o Benfica que, por sua vez, soma mais dois pontos do que o Sporting. No entanto, abrindo as portas ao cenário virtual, o líder entraria agora no cenário mais negro da primeira volta, em que somou derrotas consecutivas: primeiro em casa com o Leixões (2-3), depois na Figueira da Foz com a Naval (0-1). Uma oportunidade de ouro para o Benfica, que assumiria primeiro o comando, antes de elevar a vantagem no topo para quatro pontos.

Sempre tendo em conta os resultados da primeira volta, o Benfica manteria a liderança até à 27ª jornada, mas cairia de novo para o segundo posto na 28ª, depois de somar empates com o Nacional (0-0) e perder com o Trofense (0-2). Mas a liga estaria ainda longe de estar resolvida. No final da penúltima jornada, os resultados revelariam um campeonato impróprio para cardíacos: além do Benfica voltar ao topo, com 60 pontos, o Sporting, arredado da luta ao longo de grande parte deste cenário, estaria ainda com hipóteses de ser campeão, com 58 pontos, com o F.C. Porto pelo meio, com 59.

O final feliz seria para o actual campeão, que chegaria ao título com uma vitória sobre o Sp. Braga, enquanto Benfica e Sporting não iriam além de empates, respectivamente, com Belenenses e Nacional. A classificação final, entre os grandes, ficaria assim: F.C. Porto, 62 pontos; Benfica, 61; Sporting, 59.

Neste quadro, o Sp. Braga seria o grande vencedor, ultrapassando Nacional e Leixões para chegar ao quarto lugar, com um total de 53 pontos, mas já sem fôlego para se imiscuir na luta entre os grandes. No fundo da tabela, Rio Ave e V. Setúbal parecem estar condenados, a não ser que consigam melhorar de forma significativa os resultados que conseguiram na primeira volta. Neste cenário virtual, o Belenenses vai sofrer quase até perto do final, mas acaba com uma folga confortável, com mais sete pontos, sobre os dos despromovidos.

Classificação final da Liga com os resultados da primeira volta das últimas dez jornadas:

F.C. Porto, 62 pontos

Benfica, 61

Sporting, 59

Sp. Braga, 53

Leixões, 52

Nacional, 50

Marítimo, 48

E. Amadora, 34

V. Guimarães, 34

P. Ferreira, 33

Naval, 32

Académica, 31

Trofense, 30

Belenenses, 28

Rio Ave, 21

V. Setúbal, 21