«Às vezes perdemos as estribeiras. Mas eles reagiram e sabiam que a primeira parte não foi boa. Estávamos zangados, porque não entrámos como devíamos», conta o técnico holandês: «Dissemos a nós próprios, tacticamente e mentalmente, que não iríamos começar a segunda parte da mesma maneira. É por isso que gosto de trabalhar com esta equipa, ela reage.»

O capitão Frank Lampard confirma que o ambiente foi tenso no balneário ao intervalo. «Foi um caso de acordem e joguem, se faz favor, porque na primeira parte não aparecemos», explicou o médio, a propósito das palavras do treinador.