O capitão da seleção, a grande figura do triunfo sobre a Irlanda do Norte (4-2), com o seu primeiro «hat-trick» na seleção, tinha trabalhado com limitações durante a semana, mas acabou por jogar os noventa minutos, com destaque para os últimos trinta.

Um jogo histórico para Cristiano Ronaldo que, com três golos, ultrapassou a marca de 41 golos de Eusébio, chegou aos 43 ficou a apenas quatro de Pauleta.