Perante isto, faz sentido escutar os elogios de Paulo Fonseca a dois destes elementos. Fonseca quer ter o grupo na mão e valoriza sobremaneira tudo o que cada unidade lhe dá. Desta vez, Licá e Silvestre Varela mereceram observações individualizadas.

Primeiro, o ex-jogador do Estoril. Licá tornou-se internacional A frente ao Brasil, na última terça-feira.

«Chegar à seleção A é o culminar de um trabalho fantástico de um jogador dedicado, sério e humilde. É um excelente prémio para o Licá», indicou Paulo Fonseca.

Depois, Varela. Fez uma pré-época fulgurante, esteve perto da Premier League, lesionou-se e desapareceu. E agora?

«Pode ser fundamental e acredito que o venha a ser. Esteve lesionado, tem recuperado e vai ser um jogador importante, não tenho dúvidas. Todos lhe reconhecemos enorme valor e utilidade».