«O Sp. Braga tem de ser a equipa que tem sido na UEFA», começou pró referir Frechaut, para depois recordar a conquista da Intertoto. «Conquistámos uma taça, vamos erguê-la perante o nosso público e podemos fazer história se passarmos», disse.

«Este tem sido um Sp. Braga de alto nível, numa época que tem sido difícil, porque temos trabalhado bastante. Por isso a taça que vamos levantar com os adeptos é merecida. Tem de ser um Sp. Braga muito personalizado, com muita atitude. Está tudo em aberto e podemos passar aos quartos-de-final», declarou o central, sobre o jogo com os franceses.

Frechuut gostava que o estádio enchesse porque «é um jogo importantíssimo e era bom partilhar esse momento com os adeptos». Mesmo que a lotação não esgote, o defesa diz que a equipa sabe o que fazer: «Temos de ter um Sp. Braga do costume, que sofre pouco golos.»

De resto, Frechaut concluiu que os bracarenses têm sido «uma equipa muito inteligente, na gestão dos resultados» e que, esta quinta-feira, «dependendo das circunstâncias do jogo, terá de saber lidar com a essa situação».