«Estou muito feliz por representar um clube desta dimensão. Farei o meu melhor para ajudar o Zweigen Kanazawa a subir de divisão», disse o futebolista de 22 anos.

Antes disso, Romarinho esteve no Vasco da Gama, clube brasileiro que o pai também representou entre 1985 e 1988, mas onde não se conseguiu afirmar.