«Temos um grupo de emprestados do Chelsea no WhatpsApp. Foi o próprio departamento de emprestados do clube que o criou e adicionou cada um de nós. Às vezes até ficamos sem bateria, porque estamos a falar todos uns com os outros. Estamos sempre em contato e falamos muito», disse.

Assim, além de ser uma forma de estar em contato permanente com os emprestados e de os aproximar entre eles, as boas exibições são conhecidas por todos: «Se alguém fizer alguma coisa de especial no fim de semana, o departamento diz na segunda-feira de manhã.»

Outro pormenor revelado por Bramford foi a existência de um psicólogo do Chelsea que os acompanha e fala com os emprestados frequentemente.