Os jogadores Pedro Silva e João Moutinho, o técnico Paulo Bento e o presidente Filipe Soares Franco são os visados, e arriscam um eventual castigo.

O «encontrão» de Pedro Silva a Lucílio Baptista, e o gesto de Paulo Bento, dirigido ao árbitro do encontro com o Benfica, não são contemplados, «uma vez que foram observados e analisados pela equipa de arbitragem», e «depois de inquirido o árbitro principal do jogo».

Em causa estão, por isso, as declarações proferidas no final do jogo, e o gesto do lateral brasileiro, que se recusou a receber a medalha ao pescoço e atirou o objecto para longe. Pedro Silva já foi, de resto, castigado com um jogo, consequência automática do cartão vermelho com que foi admoestado.