protagonizado alguns desentendimentos com Julen Lopetegui

«Esperava aquilo que o FC Porto é: uma boa equipa. Foi determinante marcar primeiro para comandar taticamente o jogo. Isso deu-nos esse poder. Gostei muito da equipa do FC Porto, em todos os momentos do jogo. Nunca se deu por vencido. É uma equipa que estava em primeiro. Vejo tantos atrás a quem não fazem as mesmas perguntas», disse Jesus, que já na «flash interview» tinha contestado uma pergunta feita a Lopetegui, relativamente à possibilidade de ter o lugar em risco.

Questionado se esperava que o técnico do FC Porto tivesse arriscado mais na parte final do encontro, Jesus respondeu que «isso é subjetivo».

«Por ter tirado o Aboubakar quando lançou o o miúdo? Tirou um médio com características mais defensivas e meteu o André André. Acho que fez muito bem. Como está a perder tem de meter dois avançados?! Isto tem treino, tem ideias, isto trabalha-se durante a semana. Não sei se ele tem este plano B. Isto não é tirar o Manuel e meter o Joaquim. É trabalho durante a semaa, é aí que começas a ganhar os jogos. Muitas vezes as substituições mudam os jogos, mas em função daquilo que é trabalhado durante a semana. Então a perder 2-0 meto mais um avançado? E com 3-0 ainda meto outro?», questionou.

«Lopetegui é um treinador de qualidade. Digo isto com toda a sinceridade. É um líder. Está a fazer um bom campeonato. Na 14ª jornada tinha mais cinco pontos do que na época passada. Há quem tenha oito ou nove a menos. E não fazem essas perguntas a esse, só a ele», acrescentou.