(Manú) Boa tarde! Já cá estou para responder as vossas perguntas. Quando quiserem podem começar. Olá a todos!

Esta é a tua melhor época de sempre?

MANÚ: Sim a época está a correr bem. Podemos dizer que é uma das melhores épocas que estou a fazer.

Qual foi o melhor golo esta época?

MANÚ: Para mim foi o golo do campo do Rio Ave. Um golo de trivela. Perdemos, mas foi o golo que mais gostei.

Já jogou contra os 3 candidatos ao título. Qual deles lhe parece mais forte?

MANÚ: F.C. Porto. Penso que é equipa que cria mais dificuldades a jogar e é o plantel mais completo.

Sendo na tua opinião o F.C. Porto a equipa mais forte como explica o facto de terem perdido os 2 jogos que fizeram com o Benfica?

MANÚ: Porque não fomos felizes e não tivemos a sorte do nosso lado.

Qual o jogador mais divertido com quem já jogaste?

MANÚ: O Semedo é um deles! Há vários, como o Rodolfo Lima, do Gil Vicente, que só quer palhaçada.

Consideras-te o jogador mais rápido da Liga?

MANÚ: Não. Apenas um dos mais rápidos.

Para ti quem é o melhor jogador deste campeonato?

MANÚ: Sou eu!!!!!!!!! eheheheheh

Qual o defesa que foi o osso mais duro de roer?

MANÚ: O Luisão foi o que me criou mais dificuldades.

Como conseguiste bater o Ricardo em Alvalade? Foi fácil?

MANÚ: Não foi fácil. Penso que foi um momento de inspiração.

Das equipas que estão na Taça qual tem mais hipóteses de ganhar?

MANÚ: O V. Setúbal pode voltar a vencer, tal como o F.C. Porto. Penso que a final vai ser F.C. Porto-V. Setúbal.

Se fosse possível escolher um «dream team» deste campeonato quem seriam os seus escolhidos?

MANÚ: Jogava em 4x4x2 e a equipa é..... Guarda-redes: Bruno Vale; Defesas: Tony, Pepe, Luisão e Léo; Médios: Petit, Lucho, Simão e EU (Claro); Avançados: Nuno Gomes e Liedson.

Qual o estádio com melhor ambiente que já jogaste até hoje?

MANÚ: Foi o primeiro jogo com o F.C. Porto, no Dragão.

Existe um problema de arbitragem em Portugal ou os árbitros são o bode expiatório mais fácil dos adeptos e dirigentes nos maus resultados?

MANÚ: Penso que existe mais conversas do que aquilo que na prática acontece. Muitas vezes são a desculpa para outros erros.