Quique Flores, técnico do Benfica, continua a recusar as críticas que se abateram sobre a equipa e sobre a sua própria figura, após a derrota com o Vitória de Guimarães e consequente queda para o terceiro lugar:

«Parece incrível que possam fazer a análise da temporada assim. Se tivéssemos ganho ao Vitória diziam que a temporada era muito boa. Não há só o pólo norte e o pólo sul. Há coisas pelo meio.»

«Não penso que seja preciso um título para dar estrutura. É esta dinâmica que queremos. Os resultados podem criar desilusões, mas não podem mudar tudo. Amanhã vamos ter os benfiquistas muito contentes, com mais um troféu na vitrina. A equipa técnica vai ter a mesma identidade, como teria se tivesse perdido.»

«Não vamos desistir de nenhum objectivo. Vamos assumir todas as responsabilidades. Continuamos empenhados no título da Liga. Vamos por partes: primeiro há que recuperar o lugar de acesso à Liga dos Campeões, e depois lutar pelo título até final. Não há outro cenário que não seja trabalhar até final. A crítica também está relacionada com a grandeza do Benfica.»