«É possível que joguem Kun (Aguero) e Forlán. Há que escolher de acordo com os jogos e o de amanhã é um daqueles em que vamos entrar com tudo. Creio que a eliminatória é 50-50, a diferença é que agora jogamos em casa e o factor casa pode decidir», começou por dizer o técnico.

O responsável ainda tem boa memória sobre o seu rival: «Nos últimos anos, o Sporting tem sido a segunda melhor equipa de Portugal, trabalham bem e têm jogadores muito bons como o Liedson na finalização e Veloso no equilíbrio. As minhas recordações são boas. Lembro-me de jogos disputados e intensos. Vamos defrontar uma grande equipa, que não teve um grande início de época mas agora está melhor. Conseguiu pontos importantes nos últimos encontros e os jogadores estão mais motivados.»

Os madrilenos têm sido acusados de maior rendimento nos jogos a eliminar que na liga espanhola, mas Quique entende que a diferença não é assim tão grande. «A equipa motiva-se em todos os jogos e isso tem muito mérito. Nas eliminatórias há um pouco mais, embora não nos possamos esquecer da Liga, onde conseguimos pontos importantes», concluiu.