veja aqui o vídeo do momento

O Barca está em primeiro lugar do campeonato de Espanha com 12 pontos de vantagem sobre o segundo classificado e Rijkaard quis dar minutos de descanso ao brasileiro. Não é uma situação inédita este ano e já aconteceu também em plena Liga dos Campeões.

O ponto comum é que assim como a liga espanhola parece estar «controlada», também quando Ronaldinho descansou na Champions, o Barcelona já tinha o apuramento para os «oitavos» e mesmo o primeiro lugar do grupo garantidos.

O ponto oposto é que, quando Rijkaard utilizou na Champions o fantástico futebol do melhor jogador do Mundo não prescindiu dele nem um minuto. Ronaldinho tem sete jogos realizados em oito possíveis nesta Liga dos Campeões e jogou os 90 minutos de todos eles.

O único jogo em que não participou foi o tal da última jornada do Grupo C, na primeira fase, em que nem esteve no banco.

A percentagem de minutos jogados por partida não é o único ponto forte do brasileiro nesta edição da Champions. Ronaldinho é o segundo melhor marcador da prova, com seis golos, ficando apenas atrás de Shevchenko, que tem 8.

Ronaldinho é também dos que têm mais pontaria, pois em 18 remates só falhou a baliza cinco vezes. O ucraniano é de novo o mais certeiro com uma relação 19/6.

A estrela brasileira joga como ninguém, mas tanto é difícil tirar-lhe a bola como sequer travá-lo à margem das leis, pois apenas sofreu 17 faltas quando o mais massacrado da prova é Reyes, com 34 faltas sofridas.

Como outros dados curiosos para um futebolista exemplar a todos os níveis, Ronaldinho tem tanto de bom jogador como de leal, pois, ainda não viu um único cartão, como de disciplinado tacticamente, pois nem sequer uma vez foi apanhado em fora-de-jogo.

Ficha de Ronaldinho

Data de nascimento: 21 de Março de 1980

Natural de Porto Alegre, Brasil

Altura: 1,82 m

Peso: 76 Kg

Posição: avançado

Palmarés:

1999 Finalista da Taça das Confederações (Brasil)

1999 Vencedor da Copa América (Brasil)

2002 Vencedor do Campeonato do Mundo (Brasil)

2003 Finalista da Taça de França (PSG)

2005 Vencedor da Liga Espanhol (Barcelona)

2005 Vencedor da Taça das Confederações (Brasil)

Percurso na Liga dos Campeões (2005/06):

Jogos: 7 (em 8 possíveis)

Minutos jogados: 630

Golos: 6

Total de remates: 18

Remates ao lado: 5

Assistências: 3

Foras-de-jogo: 0

Faltas cometidas: 7

Faltas sofridas: 17

Cartões amarelos: 0

Cartões Vermelhos: 0