Deco, ainda a recuperar de uma lesão muscular, foi o único indisponível. Depois de juntar todo o grupo no centro do relvado para uma palestra, sete jogadores, os que jogaram no domingo, mais Simão, que só chegou na véspera, trabalharam à parte com o preparador físico António Gaspar.

Queiroz trabalhou com os restantes jogadores numa série de exercícios de finalização, pedindo com insistência aos jogadores que marcassem golos. Primeiro num exercício de três para um, com sucessivas vagas de ataque de três jogadores, apenas com um defesa e o guarda-redes pela frente.

Depois com ataques rápidos com seis jogadores frente a uma defesa de quatro em linha, dando especial atenção à sintonia entre os laterais e os extremos.

Cristiano Ronaldo e Ricardo Carvalho saíram do treino com gelo nas pernas, mas apenas por precaução. A Selecção volta a treinar esta quarta-feira com duas sessões marcadas para as 10h00 e 17h00.