O terceiro lugar é ocupado pelo britânico Andy Murray, com 7.060 pontos. Na classificação hoje divulgada, Roger Federer subiu para sexto, por troca com Juan Martin del Potro que cai para o sétimo posto, após ter sido eliminado logo na segunda ronda.

O português João Sousa sobe seis lugares e é agora 89º na classificação, depois de ter sido eliminado na terceira ronda pelo número um mundial, Djokovic. O segundo melhor tenista português é Gastão Elias, que desceu para a posição 131.

No ranking feminino, a norte-americana Serena Williams consolidou a liderança depois de ontem ter vencido, na final do US Open, Victoria Azarenka, a sua concorrente direta.

A mais nova das irmãs Williams comanda, isolada, a tabela WTA com 12.260 pontos, enquanto Azarenka é segunda, com 9.505. Maria Sharapova, que não participou no Open norte-americano devido a uma lesão no outro, fica-se pelo terceiro lugar, com 7.866 pontos.

Entre as portuguesas, Michelle Larcher de Brito é a melhor classificada e volta a figurar entre as 100 melhores tenistas mundiais. Michelle subiu 19 lugares e ocupa agora a 98ª posição. A subida deve-se à participação da tenista no Open dos Estados Unidos, onde venceu três encontros na fase de qualificação e um na primeira ronda.

A tenista de 20 anos ainda está distante da sua melhor classificação, obtida a 6 de julho de 2009, com a 76ª posição. Atrás de Michele Brito segue Maria João Koehler, que subiu da 125.ª para a 117.ª posição.