«Tive de fazer o exame de campo, para saber se estava a cem por cento para viajar e jogar, se fosse preciso. Senti que não estava em condições e é meu dever dizer», explicou o jogador do Sevilha, que será substituído por Anthony Lopes, do Lyon. «Voltei a ter uma queda e ressenti-me da lesão. Não estou em condições. Estou muito triste por abandonar a concentração, pois quero ajudar sempre, mas a Seleção continua, com ou sem Beto, e vai ganhar. Quero estar sempre na Seleção, até com a perna partida, mas o treinador tem de viajar com jogadores disponíveis.»», acrescentou.

Na despedida de Óbidos, Beto garantiu que o «grupo está motivado». «A equipa está com confiança. Não é um jogo decisivo mas extremamente importante. Levamos na bagagem muita confiança para alcançar o objetivo», afirmou.

Questionado sobre a lesão de Cristiano Ronaldo, que continua em dúvida para o jogo de sexta-feira, Beto disse que o capitão da equipa das quinas «tudo fará para estar em condições». «Como grande atleta que é,tenho a certeza que estará em condições», acrescentou.