Rui Costa faz balanço da época do Benfica

    • 23 de Maio de 2024
    • 23:02 ARTIGO

      «Operação Cartão Vermelho? Não permito que se brinque com a minha idoneidade»

      Presidente do Benfica assegurou que a auditoria prometida às contas do clube «está finalizada e será apresentada» em breve. Rui Costa confessou ainda não estar preocupado com as eleições no clube e falou sobre a chegada de AVB à presidência do FC Porto
    • 20:32

      Termina a conversa de Rui Costa aos jornalistas

    • 20:30

      «Novos estatutos estão prontos para serem apresentados»

      «Não quisemos atrasar nada, quisemos fazer estatutos dignos do Benfica. Passou por uma primeira comissão, à qual agradeço, e passou para a direção. Pela primeira vez na história, esteve à disposição de todos os sócios do Benfica. É um erro falar de de pouca democracia. Nunca houve estatutos tão democráticas e tão perto dos sócios. Estão prontos para serem apresentados. Parece-me que as pessoas não têm de duvidar, não há nada a esconder. Se fosse político e não um presidente que pensa unicamente no melhor para o clube, tínhamos feito as coisas à pressa e tinha apresentado tudo no ano passado quando fomos campeões e todos estavam felizes. Não há nada para esconder. As coisas serão apresentadas e discutidas agora. Com certeza que vamos para as próximas eleições com estatutos aprovados se os sócios assim entenderem. Há outro fator importante e peço que as pessoas percebam. Tanto a auditoria como os estatutos nunca são dossiers para serem apresentados a meio das épocas. Vamos discutir esses temas no defeso. Nunca são oportunos metê-los a meio das épocas. Têm influência e optamos por uma altura em que não prejudique as modalidades e o futebol», defendeu.

    • 20:28

      «Críticas? Os adeptos são donos do clube»

      «A Liga dos Campeões.. temos duas vias para lá chegar. Uma não depende de nós. Ontem perdemos uma via imediata. Há uma segunda via imediata que é se a Atalanta ficar nos quatro primeiros da Serie A. A terceira via depende só de nós. Temos de estar na Champions. Queremos lá estar. Nos últimos três anos chegámos por três vezes aos quartos de final das competições europeias. Este ano não fizemos boa Champions. O objetivo é estarmos sempre na Champions.»

      «Espero que seja ano mais estável. Críticas? Tenho de respeitar e aceitar. Gostava de alertar e pedir... não tendo sido uma época positiva, não se pode considerar esta época positiva, também não podemos transformá-la num caos total. Precisamos de estabilidade e maturidade. É o apelo que faço. Temos muito trabalho pela frente em vários capítulos e quero focar-me nisso. Adeptos são donos do clube, respeito-os muito. Tenho de fazer melhor para o ano.»

    • 20:09 ARTIGO

      Rui Costa confirma Carreras e Barreiro e faz ponto de situação sobre Di María

      «Há esperança que Di María fique», disse o presidente do Benfica. Dirigente assegurou ainda que o clube não vai investir 100 milhões de euros em reforços este verão como fez no anterior
    • 20:08 ARTIGO

      Rui Costa fala sobre Gyökeres e desmente Mourinho: «Nunca falámos»

      Presidente do Benfica diz que o clube tem «centenas de jogadores referenciados» e que não considerou o sueco porque havia Gonçalo Ramos. Em relação ao «Special One», o dirigente reiterou que a ideia foi «sempre manter Schmidt»
    • 20:07

      «Schmidt nunca se sentiu sozinho»

      «Schmidt nunca saiu sozinho do estádio do Rio Ave. Saiu acompanhado pelo diretor-geral do futebol. Nunca esteve sozinho. Schmidt dirá que nunca deixou de sentir apoio interno e a minha confiança. De certeza que não podemos pegar em coisas que não são dinâmicas completas do futebol. Não saiu sozinho e saí antes dele pouco tempo antes até para sair eu sozinho e ser eu a estar lá caso acontecesse alguma coisa. Percebo a questão, mas esse conflito interno não existe. (...) Ele dirá que nunca se sentiu sozinho. Sentiu sempre apoio de todos», disse Rui Costa sobre o episódio do alemão com os adeptos em Vila do Conde.

      «O ato eleitoral é o que menos me preocupa. São daqui a muito tempo. A minha missão e o que meti na minha cabeça foi dar o meu máximo até ao último dia. É o que farei. Esse último dia será decidido pelos sócios ou quando eu considerar honestamente que não consigo ajudar mais o clube. Sou eu que levanto a mão e virá alguém para aqui por quem torcerei. (...) Respeitarei sempre as decisões dos sócios», atirou.

    • 20:06

      «Mourinho? Nunca falámos. A minha convicção sempre foi manter Schmidt»

      «Quem disser que não pensa em planos B, C ou D ou não está a fazer bem o seu papel ou está a mentir. Apesar de achar que Schmidt é o melhor treinador para o Benfica, prepara-se, mesmo em stiuações positivas, planos B ou D. Nunca falei com Mourinho, ele admitiu isso. Foi ver jogos ao Benfica e começou a falar-se que podia ser treinador do Benfica. Nunca houve abordagem. A última vez que estive com ele foi no velório de Artur Jorge e não falámos desse assunto. O José Mourinho merece todo o respeito do mundo. Eu confirmo que nunca falei com ele. Tive planos B, C, D e E. Não vou dizer qual é a letra dele, mas Mourinho é sempre um treinador de elite. Nunca foi questão. Sempre foi a minha convicção manter Schmidt», disse.

    • 20:01 ARTIGO

      Benfica: Rui Costa explica saídas de Rafa e Vlachodimos

      Presidente dos encarnados referiu que o «máximo» que o clube podia fazer para convencer o internacional português a continuar «não foi suficiente» e disse que a venda do grego foi para eliminar um possível problema
    • 20:00

      «Precisamos de jovens e de jogadores experientes»

      «Di María não impede crescimento de outros, mas ajuda ao crescimento de outros», referiu.

    • 19:56

      Rui Costa diz que auditoria está «concluída»

      «A auditoria está finalizada. Demorou mais do que esperávamos. Foram analisados 51 contratos que faziam parte do processo 'Cartão Vermelho'. Analisámos todos os contratos. Teve uma série de complementos para ser auditoria completa e demorou mais do que imaginávamos. Foi apresentada à administração do clube e será entregue ao Ministério Público e apresentada aos adeptos do Benfica», disse.

      «Tudo o que está no processo onde fui chamado, não está na auditoria. Assim que tomámos conhecimento deste processo, abrimos auditoria ao que não estava no processo anterior. Assim que fui chamado para depor sobre este processo, abriu-se uma nova auditoria sobre estes casos. A última coisa que quero é que não se saiba o que se passa. Era administrador executivo e não vice-presidente. Prestei esclarecimentos que me pediram. Desconheço qualquer plano que prejudicasse o Benfica.. Caso contrário não teria continuado nem estar aqui hoje. Tenho consciência tranquila, conheço-me bem, sei o que faço na vida e no Benfica. Não permito que se brinque com a minha idoneidade e lealdade. (...) Não quero interferir no processo. Qualquer coisa que diga mais do que disse, pode interferir no processo. Não quero influenciar o processo. Tenho a consciência tranquila e sei o homem que sou. Toca-me pessoalmente, não permito que se ponha a minha idoneidade e a minha lealdade ao Benfica em causa», acrescentou.
       

    • 19:53

      Rui Costa confirma Álvaro Carreras e Barreiro e diz ter «esperança» que Di María continue

      «Estão confirmados. São jogadores do Benfica. Leandro é médio muito rotativo, dinâmico e vem preencher espaço no meio-campo que nos faltava. Tem capacidade física elevada, qualidade técnica fiável para jogar no Benfica e temos esperança que seja grande elemento na próxima época.»

      «Temos esperança que Di María possa continuar. Não podemos pedir que seja jogador de sprints para trás e para a frente, os números falam por si, é titular na Argentina e tem muita qualidade.»

    • 19:50

      «Não acuso scouting, treinador ou Rui Pedro Braz»

      «Quando digo que falhámos algumas adaptações e situações. Não tivemos mesmo impacto não acuso scouting, treinador ou Rui Pedro Braz. Acuso-me a mim. Ninguém chega ao Benfica sem carimbar a situação. Tenho maior respeito e mairo admiração pelo que têm feito pelo Benfica. Saídas de scouts do Benfica nada tem a ver com isso. É um fenómeno novo, eles hoje também são contratados. Não sabemos quais são os scouts de outros clubes. Fico feliz por eles. Se são bem pagos, significa que o Benfica fez algo bem. As pessoas não devem ficar preocupados. É bom que se preocupem, mas eles não saíram com incompetência nem o scouting fica vazio. É gerido por Rui Pedro Braz, estas saídas são colmatadas internamente. Se há bom trabalho no scouting, na vasta equipa que temos... quem chega de baixo, pode ocupar lugares de cima. Confio plenamente. Desejo as maiores felicidades ao Pedro e a todos. É sinal que algo de bom estamos a fazer», disse.

    • 19:49

      «O Benfica tem de vender como todos os clubes portugueses»

      «Chamamos fábrica de talento ao Benfica Campus. Assim esperamos continuar a ser. Retenção de talento? Fala-se muito, mas não há nada de concreto sobre António Silva e João Neves. Mercado ainda não começou a mexer. Abrangendo perguntas que possam surgir, não é o Benfica que tem de vender. São todos os clubes portugueses. Esta história tem de ser repetida, mas ninguém sobrevive sem vendas. Tento fazer com que as vendas sejam máximo possível para vender o mínimo possível. Não posso proteger-me financeiramente. Tudo faremos sempre para não entrar em incumprimento do fair-play financeiro. Não sou louco. Investi 100M de euros com um propósito. Jamais farei uma coisa dessas ao meu clube. Precisamos de vender, mas sempre o mínimo possível», defende. 

    • 19:47

      «O Rafa era para manter tal como o Grimaldo»

      Rui Costa diz que o Benfica fez tudo o que era possível para segurar o internacional português.

      «Decidiu-se ficar com o Rafa mais um ano e este ano não vamos continuar a nossa relação. Respeitamos o que o Rafa fez pelo Benfica. Vai fazer um contrato fora de Portugal que foi mais importante nesta fase da sua carreira. Desejamos-lhe as maiores felicidades», referiu.

    • 19:46

      Rui Costa olha para Schmidt como Sporting para Amorim?

      «Não quero que seja o meu Ruben AMorim, mas que tenha sucesso. Sou presidente do clube e tento tomar as melhores decisões. Não quero que ninguém seja meu treinador, mas sim do clube. Assumo as minhas decisões e os meus erros. As eleições é o que menos me preocupa. As eleições são em outubro de 2025. Estarei aqui até considerar que posso ajudar ao clube. Nunca me agarrei a esta cadeira. Tenho carinho e amor enorme pelo Benfica, mas serei o primeiro a sair quando não conseguir ajudar o Benfica. Quero que quem se sente na minha cadeira, ganhe mais do que eu. Serei o primeiro a festejar as suas vitórias», respondeu.

    • 19:45

      «Não temos relações institucionais com o FC Porto»

      Rui Costa não quis comentar a chegada de Villas-Boas à presidência dos dragões.

    • 19:42

      «Gyökeres? Na altura não precisávamos, tínhamos o Ramos»

      «Estamos no Benfica Campus e tenho mutia coisa para falar do Benfica. Pautamo-nos por falar de nós e não dos outros. Queria cingir-me a isso. Falar dos avançados do Sporting para compará-los com os do Benfica. Se estava sinalizado? No scouting do Benfica estão centenas de jogadores. Resta saber se precisamos daquela posição ou não. Nunca atacámos porque tínhamos Gonçalo Ramos que sai muito depois de ele ir para o Sporting. Se for aos armários do scouting, se calhar tem lá o Messi quando estava na equipa B do Barça. (...) Acontece em todos os clubes», explicou.

    • 19:40

      «Não é normal um avançado do Benfica não marcar mais de dez golos»

      «Não gosto de individualizar. É evidente que um dos pecados mortais da equipa foi a falta de concretização dos avançados. O Arthur não foi igual ao que conhecemos e que pode fazer mais. Não é normal no Benfica um avançado não ultrapassar os dez golos numa época. Foi um problema que sentimos e daí a rotação dos avançados à procura da melhor solução. Não significa e quero deixar claro que seja por ausência clara de um jogador, mas por adaptações... recordo que Darwin quando chegou ao Benfica, não fez um ano tão produtivo como o segundo. Existiam dúvidas sobre o Gonçalo Ramos no ano anterior. Há posições muito críticas no Benfica. Foi um dos problemas que tivemos.  Chegámos a ter quatro avançados, mas foi lacuna que tivemos. Como disse, não estou em condições hoje de dizer quem sai ou não. Digo que a equipa será reforçada para ser muito mais forte», disse.

    • 19:37

      «Quem vai sair depende do mercado»

      «Há coisas que ainda não têm respostas. Não mandamos no mercado. Temos as nossas ideias, mas o mercado só vai começar agora. Dentro das movimentações é que vamos perceber quem sai ou quem entra. Já temos alvos e acreditamos que podem melhorar bastante a equipa. (...) É ano de Europeu e há muitos clubes que esperam. Não será o nosso caso», disse.

    • 19:35

      Rui Costa fala sobre o facto de João Neves ter dado a cara após a goleada no Dragão

      «Vi muitos preocupados pelo facto de João Neves ter falado após jogo no Dragão. Devia ter falado Otamendi, mas ele tinha sido expulso. Foi um jogo complicado e que nos marcou bastante. Mas em relação ao João Neves... vocês não conhecem a personalidade nem o perfil dele no balneário. É bem marcante. Mesmo com esta idade, é um líder nato. Tenho a certeza que a posição do João a falar naquele jogo, é também uma mensagem para dentro. Não é só para fora. É um sinal da importância que ele tem no balneário», disse.

      «A mensagem interna tem significado muito grande. Tem peso no balneário e é imagem de um jogador que queremos no Benfica», acrescentou.

    • 19:33

      «Di María assinou por um ano porque queria acabar na Argentina. vamos reunir com o seu representante na próxima semana»

      «A posição da Argentina pode já não estar tão delineada quanto isso. Para a semana vamos ter reunião com representante de Di María para saber se fica mais um ano. Temos essa esperança, mas na próxima semana vamos ter uma semana decisiva», referiu acerca do argentino que está em final de contrato.

    • 19:32

      «Quando um jogador sai, não tem de vir outro igual»

      «A ideia era Jurásek ser um jogador mais à imagem de Bah para dar liberdade criativa aos jogadores mais avançados. Temos de nos moldar ao jogador de qualidade que possa acrescentar à equipa. Em alguns casos, isso não aconteceu», disse.

    • 19:31

      «Nenhum jogador chega ao Benfica sem uma análise global e completa»

      Rui Costa garante que não houve discrepância entre as ideias do treinador e os reforços contratados. 

      «Os treinadores têm as suas filosofias, mas podem alterá-las. Por exemplo, o Roger [Schmidt] mostrou muita qualidade no PSV com jogadores com características diferentes do ano do título do Benfica», defendeu.

    • 19:29

      «Fizemos uma remodelação completa dos ativos do Benfica»

    • 19:28

      «Benfica não mandou 100 milhões de euros à rua»

      Rui Costa defende que a prioridade será sempre desportiva enquanto for presidente do clube.

      «Investimentos 100 milhões, mas não foi para estes meses. Nem mandámos dinheiro para a rua. Os ativos estão cá e há muitos abaixo dos 23 anos que vão gerar mais-valias no futuro. Parte do que se gastou em janeiro foi para antecipar o mercado e ter mais-valias no futuro», defendeu.

    • 19:27

      «Não vou viver a vida toda a pensar nos primeiros oito meses de Schmidt»

      «A forma como ele trabalha dá-me garantiras de qualidade e de estar envolvido no projeto. Se calhar António Silva e João Neves estavam a passar aqui vindos do treino da equipa B ou dos sub-23. (...) Temos a pessoa certa. Não tivemos ano que nos permitisse estar aqui com outro sorriso, mas vamos voltar a ter», disse.

    • 19:25

      «Schmidt era endeusado há um ano»

      «Vamos começar do zero e é necessário que comecemos num bom espírito com convicção do que podemos vir a fazer. Vamos estar melhor do que estivemos este ano. Pessoalmente, e quem trabalha comigo e com Schmidt, é muito crente no que estou a dizer. Não tomava esta decisão se percebesse que a equipa e a estrutura não estivessem com ele. Ele percebe as exigências e necessidades do clube», diz Rui Costa.

    • 19:24

      Rui Costa: «O dia do jogo com o Farense em casa custou muito a Schmidt»

      «O dia do Farense em casa custou-lhe muito. (...) Não vou esconder a irritação dele no fim. Limites foram ultrapassados. Custou-lhe muito, foi a pessoa que levou com a garrafa. Ultrapassa os limites e portanto, temos de aceitar que temos pessoas que são profissionais, mas também seres humanos. Pode haver excesso perante algo que aconteceu», referiu sobre o tema.

    • 19:23

      Rui Costa explica saída de Vlachodimos

      «Deu muito ao Benfica, tenho muito respeito por ele. Vai de encontro ao que disse sobre a pessoa Roger Schmidt e a forma como trabalha. Acaba por sair publicamente prejudicado por algo que não tem responsabilidade. Odysseas percebe que não vai jogar e pede para não ir para o banco. Estando num mês de mercado e onde se procurava situação vantajosa para ambas as partes, a ideia inicial era ficar com Trubin, Samuel, Odysseas e André Gomes. Mas para eliminar um problema que pudesse ser criado mais à frente, havendo uma proposta, o melhor era ele aproveitar a oportunidade e sair», esclareceu.

Abrir mais eventos (19)

APP MAISFUTEBOL

O MAISFUTEBOL na palma da sua mão!

Não falhe um golo, uma transferência ou uma notícia com a nossa aplicação GRATUITA para smartphone!
Maisfutebol App Android Maisfutebol App iOS Maisfutebol App Huawei