De resto, Manuel Machado já havia confidenciado, antes do jogo com o Belenenses, que estava satisfeito com o grupo que tinha à disposição e que, por isso, dificilmente a porta estaria aberta para alguma entrada.

Assim sendo, as únicas dúvidas situavam-se no respeitante a saídas, até porque os madeirenses estavam disponíveis para negociar alguns dos seus jogadores mediante propostas aliciantes. Ainda assim, esta possibilidade não está esgotada uma vez que vão permanecer abertos, por mais alguns dias, mercados importantes como o da Rússia, Ucrânia ou Turquia.

Os madeirenses fecham o plantel com sete caras novas relativamente ao grupo da última época:

Bruno Moura (Palmeiras B), Jaime (Grémio Anápolis), Zainadine (Liga Muçulmana), Sequeira (Leixões), Renato (Grémio Anápolis), Rafa Sousa (Penafiel) e Lucas João (Mirandela).