Gonçalo Paciência, jogador da Seleção Nacional de sub-21, em declarações aos jornalistas após a vitória por 4-0 sobre a Albânia, em jogo da fase de apuramento para o Europeu 2017:

               

«Na primeira parte, a Albânia já sabia para o que vinha, sabia da nossa qualidade então entrou mais fechada, mais atrás e a partir do momento em que fizemos o primeiro golo a Albânia abriu-se mais um pouco e tivemos mais oportunidades até ao final da primeira parte».

 

[Importância do golo] «Um ponta de lança vive de golos, por isso é mais um golo. Mais um pouco de confiança é sempre bom».

 

[Próximo golo] «Vamos procurar a vitória em Israel, é para isso que trabalhamos. Portugal joga para ganhar. Só nos resta recuperar e esquecer este jogo que já passou e fazer o nosso trabalho para conquistar os três pontos em Israel. Vai ser um jogo como todos os outros: difícil, com uma equipa agressiva, como todas. Nesta fase não existem equipas fáceis. Depende de nós».

 

«No grupo vive-se uma onda de grande confiança, mas temos a noção de que as estatísticas não ganham jogos e que o que fizemos para trás não nos vai dar as vitórias daqui para a frente. Temos que esquecer tudo e jogar cada jogo como se fosse o primeiro».