O Mónaco anunciou as saídas de Slimani e Adrien Silva durante esta semana. O internacional português questionou o projeto desportivo dos monegascos, não esconde a desilusão pela saída.

«O Monaco expressou vontade de me manter no plantel na próxima época. De qualquer forma, foi o que me foi transmitido pelos dirigentes. Durante a pandemia, o clube informou-me que tinha mudado de ideias. Fiquei surpreendido. Adaptei-me bem ao Mónaco e pensei que tinha prestado um bom serviço durante um período difícil. Se o projeto mudou? Talvez, não sei qual o projeto que o clube escolheu... Vários dirigentes saíram. Não sei em que direção caminha o Mónaco nem quais os seus objetivos», referiu, em entrevista à France Football

O médio de 31 anos sente que o clube francês está diferente. «É importante o clube ter bem claro que caminho quer seguir. Sinto que as coisas mudaram e é uma pena porque o Mónaco tornou-se forte novamente», acrescentou. 

Adrien não fecha a porta a um possível regresso ao Sporting. «Não é uma questão de timing. A única coisa que importa é quanto o clube está interessado em mim ou se o treinador realmente quer contar comigo. O Sporting é uma das possibilidades, mas não depende só de mim», atirou. 

Adrien tem mais um ano de contrato com o Leicester, clube para o qual saiu após vários anos no Sporting.

[artigo publicado originalmente às 17h33]