Em Turim, na noite em que Gianluigi Buffon igualou o recorde de internacionalizações de Fabio Cannavaro (136), os italianos foram surpreendidos por um contra-ataque perfeito dos checos, com cruzamento de Jircek para a finalização de primeira, por Kozak (19 minutos).

Ainda assim, a equipa de Cesare Prandelli não se desconcentrou e, com Pirlo a puxar os cordelinhos a meio campo, aproveitou uma falha de Petr Cech, na sequência de um canto de Candreva, para chegar ao empate, por Chiellini (51 minutos). Foi assim:

Já com Osvaldo em campo, no apoio a Balotelli, a Itália consumou a reviravolta aos 54 minutos, num lance em que Balotelli foi derrubado na área por Gebresselassie, e converteu o castigo máximo com a eficácia habitual. Veja:

Bulgária e Dinamarca são agora as principais candidatas ao segundo lugar, que poderá dar acesso ao play-off de apuramento, num grupo em que Arménia e Rep. Checa ainda têm ténues esperanças.

Classificação do grupo B: Itália, 20/8; Bulgária, 13/8; Dinamarca, 12/8; Rep. Checa, 9/8; Arménia, 9/8; Malta, 3/8.