A Federação colombiana garante, no comunicado, que «desde o dia em que a CBF apresentou a reclamação formal perante a FIFA, procurava uma forte sanção a Camilo Zuñiga por uma ação de jogo contra Neymar, a Federação colombiana trabalhou com o seu grupo de advogados para desespenalizar ou atenuar os possíveis efeitos disciplinares que pudessem decorrer das diligências da CBF».

Os dirigentes colombianos destacam, referindo-se a Zuñiga que «tem sido ao longo de anos, na Seleção Nacional, um exemplo de profissionalismo, integridade e grande representante do futebol colobiano no exterior, embora, lamentavelmente, tenha vivido dias difíceis pelos injustos ataques de que foi alvo por parte de adeptos e certa imprensa brasileira». 

No comunicado, a federação colombiana junta, ainda, a resposta da FIFA à CBF.