Foi uma dupla do Arsenal a desbloquear o marcador em Torshavn: primeiro o central Mertesacker, a aparecer oportuno para um desvio ao segundo poste, após canto na direita (22 minutos). Depois, a nova coqueluche do Emirates, Mesut Ozil, converteu um penálti quase sem balanço, aos 74 minutos, tranquilizando a sua equipa. A cinco minutos do fim, Müller fez o terceiro golo da noite, sem implicações num desfecho que deixa a Alemanha a apenas um ponto da confirmação matemática do apuramento direto.

Esse ponto poderá surgir já no próximo jogo, a 10 de outubro, diante de uma dececionada e dececionante República da Irlanda. A equipa de Trapattoni perdeu em Viena (1-0) graças a um golo de Alaba, e fica assim fora das contas do apuramento, com a vaga no play-off a ser decidida pela Suécia e pela Áustria. Numa altura em que Trapattoni é alvo de forte contestação, este jogo pode ter marcado o fim do seu ciclo à frente dos irlandeses.

Veja o golo de Alaba:

Classificação do grupo C: Alemanha, 22 pontos/8 jogos; Suécia, 17/8; Áustria, 14/8; Irlanda, 11/8; Cazaquistão, 4/8; Ilhas Faroe, 0/8.