Rui Patrício, guarda-redes da Seleção, analisa a vitória na Irlanda do Norte (2-4):

«Foi um jogo difícil, que ainda se tornou mais com a expulsão do Hélder Postiga antes do intervalo. Mas nunca perdemos a esperança, lutámos e mostrámos a nossa qualidade.»

«Sabíamos que eles eram fortes nas bolas paradas e que iriam apostar nisso. Acabámos por sofrer dois golos assim, mas não vale a pena falar nisso agora porque o importante é que conseguimos a vitória.»

«Se o Cristiano Ronaldo jogou foi porque estava em condições de jogar. Se ele se sacrificou? Ele e todos os jogadores, que deram o máximo. Claro que é sempre bom contar com Cristiano Ronaldo, que é um jogador que faz sempre falta, mas prefiro realçar a equipa e o excelente trabalho que fez.»