Maisfutebol

Portugal: a análise

1

Ao ouvirmos Fernando Santos e os jogadores fica claro que a Seleção acredita que pode repetir a festa de 2016, quando Portugal conquistou o título europeu.

Cristiano Ronaldo continua a capitanear a equipa e a ser a principal arma da Seleção. Já jogou quatro Europeus e outros tantos Mundiais, mas continua com a mesma sede de vencer. «Não é por termos vencido em 2016 que passamos a ser favoritos – isso é para outras equipas – mas vamos ao Europeu para tentar ganhar», afirmou.

A equipa sofreu uma quebra de resultados no arranque da fase de apuramento para este Euro 2020, com empates frente a Sérvia e Ucrânia, o que levantou algumas dúvidas em relação à abordagem. Mas depois a equipa das quinas recuperou, e acabou por garantir o apuramento em segundo lugar. Uma impressionante vitória em Belgrado, por 4-2, foi o momento-chave.

Ainda mais impressionante foi a conquista da primeira edição da Liga das Nações, terminando à frente de Polónia e Itália no grupo, para depois bater a Suíça na meia-final e os Países Baixos na final.

Ronaldo foi o melhor marcador na qualificação, mas as interrogações relativas à tática de Fernando Santos estão associadas ao capitão. Fernando Santos prefere o 4x4x2 ou o 4x2x3x1, com dois médios mãos vocacionados para o papel defensivo, que possam libertar jogadores como Bernardo Silva e Bruno Fernandes. Quem jogar ao lado de Ronaldo – seja Diogo Jota, André Silva ou João Félix – terá de ajudar defensivamente do lado esquerdo.

A base da equipa é a mesma que conquistou o título em 2016, se pensarmos em Rui Patrício (33 anos), Pepe (37) ou Ronaldo (36), mas existe também uma impressionante quantidade de talento jovem. A geração de Rúben Dias (24), Bernardo Silva (26m), Bruno Fernandes (26), Diogo Jota (24), André Silva (25) e João Félix (21) vai tentar também deixar a sua marca este verão.

Rúben Dias e Pepe devem formar a dupla de centrais, com José Fonte como alternativa e João Cancelo e Raphael Guerreiro (se estiver bem fisicamente) nas laterais, mas Nuno Mendes pode ameaçar o lugar do jogador do Borussia Dortrmund.

Existe qualidade em toda a equipa, e isso pode não significar que o sucesso esteja garantido, mas diz que Portugal tem possibilidades, uma vez mais.

2
Fernando Santos e Ronaldo (AP Images)

O selecionador: Fernando Santos

Será sempre lembrado como o selecionador que conduziu Portugal a um título europeu inédito (e também à conquista da Liga das Nações).

Antes já era o «Engenheiro do Penta», por ter sido o técnico que conduziu o FC Porto a um inédito quinto título consecutivo, em 1999. Este cognome está a curso de Engenharia Electrónica e de Telecomunicações, que concluiu em 1977, e que o levou a trabalhar no Hotel Palácio Estoril entre 1981 e 1998.

Fernando Santos, que também passou por Benfica e Sporting, é um católico devoto: reza e lê passagens bíblicas todas as manhãs. Fala fluentemente grego, pois passou uma dezena de anos em terras helénicas, onde também treinou três “grandes” (AEK, Panathinaikos e PAOK), antes de assumir a seleção grega.

3
Cristiano Ronaldo festeja o 2-0 no Portugal-Israel (Manuel de Almeida/LUSA)

A figura: Cristiano Ronaldo

Tem quase 300 milhões de seguidos no Instagram, e de acordo com um estudo ganha 758 mil euros por cada publicação nessa rede social, apenas superado pelo ator Dwayne “The Rock” Johnson e pela socialite Kylie Jenner.

Cristiano faz publicidade para as principais empresas portuguesas e é admirado pela maior parte dos portugueses, mas também é criticado por algumas atitudes, como o arremesso da braçadeira de capitão de Portugal após ver que um golo (legal) não lhe tinha sido validado na Sérvia.

Também há quem entenda que a Seleção joga demasiado para o capitão, embora tenha outros jogadores capazes de decidir jogos.

4

Onze provável

4x2x3x1

Rui Patrício

João Cancelo, Rúben Dias, Pepe, Raphael Guerreiro

João Palhinha e Rúben Neves

Bernardo Silva, Bruno Fernandes e Diogo Jota

Cristiano Ronaldo.

5
Diogo Jota festeja o 1-1 no Luxemburgo-Portugal (José Sena Goulão/LUSA)

O jogador mais grato pelo adiamento: Diogo Jota

Há um ano tinha apenas 26 minutos pela Seleção. Setembro de 2020 foi um mês marcante na carreira: estreou-se a titular pela equipa das quinas, marcou o primeiro e foi contratado pelo Liverpool. Se estiver apto fisicamente, tendo em conta a lesão sofrida já na parte final da época, então será o principal candidato a fazer companhia a Cristiano Ronaldo no ataque.

6

O que os adeptos cantam

Desde 2016 que a canção mais associada à Seleção é o «Pouco importa, pouco importa…». Após muitos anos a apresentar um futebol bonito, mas sem troféus, Fernando Santos comandou a equipa até ao título europeu, pese embora as críticas ao estilo de jogo. Foi nesse contexto que surgiu o tal cântico: «Pouco importa, pouco importa, se jogamos bem ou mal, queremos é levar a Taça, para o nosso Portugal.»

7

O que os adeptos dizem

«Mete o Eder!»

(referência ao autor do golo que deu o título europeu)

«Só volto para Portugal no dia 11 [de Julho]»

(Fernando Santos, no Euro2016)

«Passa, Ronaldo»

(Quando o capitão se agarra muito à bola, os adeptos contestam. Quando ele marca, festejam)

8
Bruno Fernandes (AP)

Herói/vilão da pandemia: Bruno Fernandes

Em abril de 2020 foi criada a associação «Do futebol para a vida», destinada a ajudar jogadores que estavam com dificuldades económicas na sequência da paragem dos campeonatos, motivada pela pandemia de covid-19. Vários jogadores avançaram com ajuda financeira, e Bruno Fernandes foi um dos primeiros. Para além do dinheiro que doou, o jogador da Seleção também distribuiu comida pelos mais necessitados.

Textos de Vítor Hugo Alvarenga, jornalista do Maisfutebol.

Maisfutebol
Finlândia 7 jun, 00:24
Escócia 7 jun, 00:23
Suíça 7 jun, 00:23
Suécia 7 jun, 00:23
Dinamarca 7 jun, 00:23
Espanha 7 jun, 00:22
Ucrânia 7 jun, 00:22
Itália 7 jun, 00:22
Países Baixos 7 jun, 00:22
Bélgica 7 jun, 00:21
Turquia 7 jun, 00:21
País de Gales 7 jun, 00:20
Rep. Checa 7 jun, 00:20
Polónia 7 jun, 00:20
Croácia 7 jun, 00:19
Áustria 7 jun, 00:19
Hungria 7 jun, 00:19
Rússia 7 jun, 00:19
Alemanha 7 jun, 00:18
Eslováquia 7 jun, 00:18
Inglaterra 7 jun, 00:18
França 7 jun, 00:17
Portugal 20 mai, 23:45