Maisfutebol

Os 26 de Portugal para o Euro 2024

1
Rui Patrício no início da operação Suíça

RUI PATRÍCIO

Data de Nascimento: 15/02/1988

Naturalidade: Marrazes

Clube: Roma

Posição: Guarda-redes

Internacionalizações: 108

Fases finais: 7 (2008, 2012, 2014, 2016, 2018, 2020, 2022)

Dono da baliza da seleção durante uma década, Rui Patrício já não tem esse estatuto mas prepara-se, aos 36 anos, para estar presente na oitava fase final, juntando Mundiais e Europeus. Campeão da Europa e vencedor da Liga das Nações, é o sétimo jogador mais internacional por Portugal, uma referência de sempre. Chega ao Euro 2024 depois de uma época em que perdeu a titularidade na Roma para Svilar, tendo somado 24 jogos

2
Sarabia e Nélson Semedo no Espanha-Portugal (Kiko Huesca/EPA)

NELSON SEMEDO

Data de Nascimento: 16/11/1993

Naturalidade: Sintra

Clube: Wolverhampton

Posição: Lateral

Internacionalizações: 28 Jogos

Fases finais: 1 (Euro 2020)

Já passaram quase nove anos desde a estreia de Nélson Semedo pela seleção, em outubro de 2015, quando ainda jogava no Benfica. É um percurso marcado por longas ausências e outros tantos regressos. O lateral que foi titular na conquista da Liga das Nações e que voltaria a ganhar o onze no Euro 2020 pareceu perder a certa altura o comboio, mas a consistência recuperada no Wolverhampton justificou a confiança de Roberto Martínez, que o incluiu no grupo a meio da caminhada para o Euro 2024 e conta com ele também para a Alemanha.

3
Pepe festeja o 2-0 no Portugal-Suíça

PEPE

Data de Nascimento: 21/02/1983

Naturalidade: Maceió (Brasil)

Clube: FC Porto

Posição: Defesa Central

Internacionalizações: 136 Jogos/8 Golos

Fases finais: 8 (Euro 2008, Mundial 2010, Euro 2012, Mundial 2014, Euro 2016, Mundial 2018, Euro 2020, Mundial 2022)

41 anos e continua a contar. Fez apenas um jogo na qualificação e, apesar das limitações físicas e da inevitável passagem do tempo, o selecionador não abdicou da experiência e da atitude competitiva que distinguem Pepe há mais de duas décadas. A sua história com a seleção nacional começou em 2007, já lá vão 17 anos e oito fases finais. Foi campeão da Europa, venceu a Liga das Nações e é o terceiro mais internacional de sempre por Portugal, atrás apenas de Cristiano Ronaldo e João Moutinho.

4
Ruben Dias e Aron Sele no Portugal-Liechtenstein (Miguel A. Lopes/Lusa)

RÚBEN DIAS

Data de Nascimento: 14/05/1997

Naturalidade: Amadora

Clube: Manchester City

Posição: Defesa Central

Internacionalizações: 54 Jogos/2 Golos

Fases finais: 3 (Mundial 2018, Euro 2020 e Mundial 2022)

É um dos pilares da seleção, referência de liderança na defesa. Foi o segundo jogador mais utilizado na campanha de apuramento e aos 27 anos já superou as 50 internacionalizações. Estreou-se na seleção na convocatória final para o Mundial 2018, depois da época de revelação no Benfica. Não jogou na Rússia, mas já era primeira opção em 2019, na equipa que venceu a Liga das Nações. Desde 2020 no Manchester City, onde ganhou tudo o que havia para ganhar, chega ao Euro 2024 com mais um título de campeão inglês.

5
Kutlu e Diogo Dalot no Portugal-Turquia (Luís Vieira/AP)

DIOGO DALOT

Data de Nascimento: 18/03/1999

Naturalidade: Braga

Clube: Manchester United

Posição: Lateral

Internacionalizações: 17 Jogos/2 Golos

Fases finais: 2 (Euro 2020 e Mundial 2022)

Jogador de seleção desde os sub-15, campeão da Europa de sub-17, Diogo Dalot tinha disputado há poucos dias a final do Europeu sub-21 quando foi chamado em cima da hora ao Euro 2020, para render Cancelo. Era a evolução natural para o lateral que se destacou muito cedo e se transferiu do FC Porto para o Manchester United aos 19 anos. Chega à Alemanha com 47 jogos no final da sexta temporada em Old Trafford.

6
Portugal-Eslováquia (Lusa/Fernando Veludo)

JOÃO PALHINHA

Data de Nascimento: 09/07/1995

Naturalidade: Lisboa

Clube: Fulham

Posição: Médio

Internacionalizações: 25 Jogos/2 Golos

Fases finais: 2 (Euro 2020 e Mundial 2022)

Do crescimento no Sporting à confirmação no Fulham, João Palhinha apurou as qualidades que o distinguem e se traduziram numa aposta consistente na seleção sob o comando de Roberto Martínez, como primeira referência do meio-campo. Depois de mais uma época de alto nível na Premier League, Portugal conta com a combatividade e o pulmão de Palhinha, que celebrará 29 anos na Alemanha se a seleção chegar às meias-finais do Europeu.

7
Cristiano Ronaldo festeja golo no Portugal-Liechtenstein (AP/Armando Franca)

CRISTIANO RONALDO

Data de Nascimento: 05/02/1985

Naturalidade: Funchal

Clube: Al Nassr

Posição: Avançado

Internacionalizações: 206 Jogos/128 golos

Fases finais: 10 (Euro 2004, Mundial 2006, Euro 2008, Mundial 2010, Euro 2012, Mundial 2014, Euro 2016, Mundial 2018, Euro 2020 e Mundial 2022)

Já faltam palavras para falar de Cristiano Ronaldo mas sobram os números, esmagadores. Aos 39 anos, vai para o sexto Campeonato da Europa, ele que é o recordista de jogos (25) e golos (14) na competição e já era o único a ter estado em cinco edições. Vai para a 11ª fase final da carreira, somando Europeus e Mundiais, a aumentar os seus inacreditáveis recordes de longevidade, a correr apenas contra si próprio. Depois da crise pós-Mundial 2022 e da mudança para a Arábia Saudita, Cristiano Ronaldo voltou a ganhar estatuto de indiscutível com Roberto Martínez. Foi o terceiro jogador com mais minutos na qualificação e fez aquilo que faz como ninguém, 10 golos em nove jogos. No Al Nassr, marcou 42 golos em outros tantos jogos nesta época. Pode estar longe do seu auge e do futebol de topo, mas a fome continua lá, como sempre.

8
Portugal-Bósnia (AP Photo/Armando Franca)

BRUNO FERNANDES

Data de Nascimento: 08/09/1994

Naturalidade: Maia

Clube: Manchester United

Posição: Médio

Internacionalizações: 64 Jogos/20 Golos

Fases finais: 3 (Mundial 2018, Euro 2020, Mundial 2022)

A campanha para o Euro 2024 reforçou o estatuto de Bruno Fernandes, o mais influente na caminhada perfeita de Portugal. Foi o único utilizado em todos os jogos, somou seis golos e oito assistências, o talento e a liderança em campo finalmente em pleno com a camisola das quinas para o médio que se estreou em 2017 e, para lá da conquista da Liga das Nações, procura mais um grande título com Portugal. Aos 29 anos, já é, para lá do extraterrestre Cristiano Ronaldo, o melhor marcador da seleção em atividade, com 20 golos marcados. O capitão do Manchester United chega ao Europeu depois de mais uma época intensa e particularmente agitada em Old Trafford, mas terá na Alemanha o palco ideal para mostrar a sua melhor face.

9
Gonçalo Ramos festeja o 1-0 no Portugal-Suíça

GONÇALO RAMOS

Data de Nascimento: 20/06/2001

Naturalidade: Olhão

Clube: PSG

Posição: Avançado

Internacionalizações: 11/8

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

Estreou-se na seleção A na lista final para o Mundial 2022, a meio da época de luxo no Benfica, e teve o seu momento de sonho com o hat-trick à Suíça no Qatar, quando ocupou o «lugar» de Cristiano Ronaldo, relegado para o banco. Leva oito golos em 11 internacionalizações, um registo notável, mesmo sem ter sido primeira opção na campanha para o Euro 2024. Foi titular em apenas três jogos, mas teve sempre lugar garantido nas convocatórias de Roberto Martínez. Chega ao Europeu depois de uma primeira época de adaptação ao PSG, ainda à procura da afirmação plena.

10
João Cancelo e Bernardo Silva festejam o 2-0 no Portugal-Liechtenstein (AP/Armando Franca)

BERNARDO SILVA

Data de Nascimento: 10/08/1994

Naturalidade: Lisboa

Clube: Manchester City

Posição: Médio

Internacionalizações: 88 Jogos/11 Golos

Fases finais: 3 (Mundial 2018, Euro 2020 e Mundial 2022)

Chegou à seleção A em 2015, quando já brilhava no Mónaco. Uma lesão tirou-o do Euro 2016, mas a partir daí Portugal passou a ter como garantia o talento e a inteligência de Bernardo Silva. Aos 29 anos, é o quarto mais veterano da atual seleção atrás apenas dos «centenários» Pepe, Cristiano Ronaldo e Rui Patrício. Cérebro e referência da máquina de futebol que é o Manchester City, o jogador que tem Pep Guardiola como fã número 1 e foi nono na Bola de Ouro em 2023 já venceu tudo a nível de clubes. Com Portugal, tem a Liga das Nações no palmarés e voltará a perseguir no Euro 2024 um grande título.

 

11
João Félix festeja o 2-1 no Portugal-Gana

JOÃO FÉLIX

Data de Nascimento: 10/11/1999

Naturalidade: Viseu

Clube: Barcelona (cedido pelo Atlético Madrid)

Posição: Avançado

Internacionalizações: 37 Jogos/7 Golos

Fases finais: 2 (Euro 2020 e Mundial 2022)

Desde a estreia ainda adolescente por Portugal na meia-final da Liga das Nações de 2019, depois da temporada no Benfica que o catapultou para o primeiro plano internacional, o percurso de João Félix deu muitas voltas. Mas entre a transferência milionária para o Atlético Madrid, a relação atribulada com Diego Simeone, o empréstimo ao Chelsea e depois ao Barcelona, a seleção foi uma constante, reforçada com Roberto Martínez. Está entre os 10 jogadores da seleção com mais minutos na qualificação e tem no Europeu, onde poderá chegar com o futuro ainda por definir, mais uma oportunidade de deixar as dúvidas para trás.

12
José Sá (JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA)

JOSÉ SÁ

Data de Nascimento: 17/01/1993

Naturalidade: Braga

Clube: Wolverhampton

Posição: Guarda-redes

Internacionalizações: 1

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

O guarda-redes que passou pela formação do Benfica, cresceu no Marítimo e chegou ao FC Porto antes de emigrar, primeiro para o Olympiakos e depois para o Wolverhampton, tem um percurso nas seleções que começou nos sub-20 e faz parte há muito das escolhas da seleção A - até integrou o grupo que venceu a Liga das Nações em 2019. Mas apenas se estreou em novembro passado, frente ao Liechtenstein, pela mão de Roberto Martínez.

13
Ferran Torres e Danilo Pereira no Portugal-Espanha

DANILO PEREIRA

Data de Nascimento: 09/09/1991

Naturalidade: Guiné-Bissau

Clube: PSG

Posição: Defesa Central/Médio

Internacionalizações: 71 Jogos/2 Golos

Fases finais: 3 (Euro 2016, Euro 2020, Mundial 2022)

É um dos campeões da Europa que continua, oito anos depois da conquista do Euro 2016, a ser presença regular na seleção. Agora mais recuado, o jogador que foi durante anos pilar do meio-campo defensivo do FC Porto e se transferiu para o PSG em 2020 incorporou o papel de defesa central, aquele em que passou a ser mais utilizado tanto no clube como na seleção. Aos 32 anos, vai disputar o seu terceiro Campeonato da Europa, ele que falhou o Mundial 2018 por lesão.

14
Gonçalo Inácio no Portugal-Liechtenstein (AP/Armando Franca)

GONLALO INÁCIO

Data de Nascimento: 25/08/2001

Naturalidade: Seixal

Clube: Sporting

Posição: Defesa Central

Internacionalizações: 6 Jogos/2 Golos

Fases finais: Estreia

Foi o primeiro jogador lançado por Roberto Martínez, titular na estreia do novo selecionador nacional frente ao Liechtenstein no arranque da campanha para o Europeu. Tinha apenas 21 anos mas por essa altura já era uma certeza. As suas características, potenciadas no Sporting de Rúben Amorim, encaixam particularmente bem nas ideias de Martínez e vai ganhando espaço nas escolhas. Para mais, o central que chega ao Euro com a motivação em alta depois do segundo título de campeão nacional em Alvalade tem golo e já o demonstrou na seleção, com o bis na goleada recorde ao Liechtenstein.

15
Bósnia-Portugal (JOSE SENA GOULAO/LUSA)

JOÃO NEVES

Data de Nascimento: 27/09/2004

Naturalidade: Tavira

Clube: Benfica

Posição: Médio

Internacionalizações: 5 Jogos

Fases finais: Estreia

O adolescente que joga como gente grande, que junta a qualidade a uma maturidade notável, foi o segundo jogador a estrear-se na seleção pela mão de Roberto Martínez, em outubro passado e depois de uma afirmação fulgurante na equipa do Benfica a partir da segunda metade da época 2022/23. Ao todo, somou quarenta minutos em cinco jogos pela seleção e ganhou lugar na lista final depois de uma época de alta intensidade na Luz, em que somou nada menos que 54 jogos.

16
Matheus Nunes fez o 3-1 no Portugal-Turquia (Getty Images)

MATHEUS NUNES

Data de Nascimento: 27/08/1998

Naturalidade: Rio de Janeiro (Brasil)

Clube: Manchester City

Posição: Médio

Internacionalizações: 12 Jogos/2 Golos

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

O médio que nasceu no Brasil, cresceu em Portugal e optou por representar a seleção nacional estreou-se em 2021 com a camisola das quinas, após a época de consagração no Sporting campeão. Depois da saída para o Wolverhampton, da presença no Mundial 2022 e da mudança para o Manchester City, onde ainda procura a afirmação, não foi opção regular nas escolhas de Roberto Martínez - fez apenas um jogo, frente à Suécia no particular de março. Ficou de fora da convocatória inicial, mas seria chamado ao Europeu face à baixa de Otávio por lesão.

17
Rafael Leão festeja o 3-1 no Portugal-Gana

RAFAEL LEÃO

Data de Nascimento: 10/06/1999

Naturalidade: Almada

Clube: Milan

Posição: Avançado

Internacionalizações: 24 Jogos/4 Golos

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

Com um percurso nas seleções jovens que começou aos 15 anos, foi campeão da Europa de sub-17 e, depois da saída do Sporting na sequência do ataque à academia e da passagem pelo Lille, explodiu no Milan, com ponto alto em 2022, na época em que foi figura da conquista do scudetto. A afirmação na seleção principal, onde chegou em 2021, é consequência natural desse percurso, e a presença no Euro 2024 chega depois de mais uma época menos fulgurante em Itália, mas em que, ainda assim, fez até agora 46 jogos, marcou 14 golos e lidera o ranking de assistências na Serie A.

18
Rúben Neves e Darwin Núñez no Portugal-Uruguai

RÚBEN NEVES

Data de Nascimento: 13/03/1997

Naturalidade: Santa Maria da Feira

Clube: Al Hilal

Posição: Médio

Internacionalizações: 46 Jogos

Fases finais: 2 (Euro 2020 e Mundial 2022)

Tinha 18 anos quando se estreou em 2015 na seleção nacional, reflexo do talento precoce revelado no FC Porto. Só passaria a ser aposta regular, no entanto, após o Mundial 2018, quando fez parte do grupo que venceu a Liga das Nações. Mudou-se para a Arábia Saudita a meio da caminhada para o Euro 2024 e manteve a confiança de Roberto Martínez, tendo integrado todas as convocatórias e ganhando lugar na lista final.

19
Nuno Mendes no Portugal-Suécia (Diogo Cardoso/Getty Images)

NUNO MENDES

Data de Nascimento: 19/06/2002

Naturalidade: Lisboa

Clube: PSG

Posição: Lateral Esquerdo

Internacionalizações: 20 Jogos

Fases finais: 2 (Euro 2020 e Mundial 2022)

Voltou a jogar em fevereiro, depois de uma lesão grave que o afastou dos relvados durante 10 meses. O lateral que se revelou no Sporting e se transferiu para o PSG em 2021, depois da conquista do campeonato nacional com os leões, regressou à seleção para os particulares de março e, em boa forma, está entre as opções de primeira linha na seleção. Ainda é muito jovem – celebrará 22 anos durante o Europeu -, mas já esteve em duas fases finais com Portugal, embora tenha feito apenas um jogo, frente ao Uruguai, no Qatar.

20
Bósnia-Portugal (EPA/FEHIM DEMIR)

JOÃO CANCELO

Data de Nascimento: 27/05/1994

Naturalidade: Barreiro

Clube: Barcelona (cedido pelo Manchester City)

Posição: Lateral

Internacionalizações: 51 Jogos/10 Golos

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

O lateral todo o terreno foi o quarto jogador mais utilizado por Roberto Martínez na qualificação. Com um longo percurso nas seleções jovens, estreou-se na seleção A no pós Euro-2016 e fez parte da equipa vencedora da Liga das Nações, mas o Qatar 2022 foi a sua primeira fase final, depois de ter falhado o Euro 2020 por causa da covid. Jogador capaz de fazer a diferença quando está no seu melhor, chega ao Europeu com 30 anos e depois de uma época de altos e baixos em Barcelona, ainda com o futuro por definir.

21
Otávio e Diogo Jota, autores dos dois primeiros golos do Portugal-Turquia (Estela Silva/Lusa)

DIOGO JOTA

Data de Nascimento: 04/12/1996

Naturalidade: Porto

Clube: Liverpool

Posição: Avançado

Internacionalizações: 36 Jogos/12 Golos

Fases finais: 1 (Euro 2020)

Chegou à seleção A no final de 2019, quando brilhava no Wolverhampton, e passou a ser uma certeza com a camisola das quinas. Mas essa afirmação foi condicionada por uma sucessão de lesões, que o levaram a falhar a fase final do Mundial 2022 e também o mantiveram fora dos relvados por longos períodos na época passada e na temporada que agora termina. Ainda assim, integrou o núcleo duro das opções de Roberto Martínez na campanha de qualificação e recuperou a tempo de ganhar lugar no avião para a Alemanha.

22
Diogo Costa

DIOGO COSTA

Data de Nascimento: 19/09/1999

Naturalidade: Rothrist (Suíça)

Clube: FC Porto

Posição: Guarda-redes

Internacionalizações: 20

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

A baliza da seleção é dele desde 2022. Com um longo percurso nas seleções jovens, campeão europeu de sub-17 e sub-19, Diogo Costa cedo se assumiu como o sucessor natural de Rui Patrício, uma certeza assente na segurança e na qualidade evidentes ao longo de todo o percurso de formação. No FC Porto, o jogador que nasceu na Suíça mas cresceu em Santo Tirso foi uma das referências da equipa campeã da Youth League e tinha apenas 20 anos quando ganhou o lugar na equipa principal.

23
Vitinha (Getty)

VITINHA

Data de Nascimento: 13/02/2000

Naturalidade: Faro

Clube: PSG

Posição: Médio

Internacionalizações: 15 Jogos

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

Cresceu no FC Porto, saiu para rodar em Inglaterra e voltou para uma grande temporada no Dragão em 2021/22, que lhe valeu a chamada à seleção e a mudança para Paris. Chega ao Europeu num grande momento, depois de uma segunda época no PSG em que assumiu protagonismo, espalhou talento e apurou o seu jogo. Aos 24 anos, uma opção de luxo no meio-campo recheado de talento da seleção nacional.

24
António Silva (AP Photo/Francisco Seco)

ANTÓNIO SILVA

Data de Nascimento: 30/10/2003

Naturalidade: Penalva do Castelo

Clube: Benfica

Posição: Defesa Central

Internacionalizações: 9

Fases finais: 1 (Mundial 2022)

A afirmação relâmpago no Benfica, à força de uma segurança e maturidade invulgares para a idade, valeu-lhe um lugar na convocatória para o Mundial 2022, com 19 anos acabados de completar. Depois da época de explosão na Luz e da mudança de selecionador, manteve-se entre as escolhas regulares de Roberto Martínez. Vem de uma temporada menos exuberante mas em alta rotação, com 50 jogos nas pernas.

25
Pedro Neto

PEDRO NETO

Data de Nascimento: 07/03/2000

Naturalidade: Viana do Castelo

Clube: Wolverhampton

Posição: Avançado

Internacionalizações: 5 Jogos/1 Golo

Fases finais: Estreia

Talento precoce, deixou Portugal muito jovem, primeiro para jogar em Itália e depois para reforçar a armada portuguesa do Wolverhampton, mas o percurso promissor foi condicionado ao longo dos anos por uma sucessão de problemas físicos. Uma tendência que se prolongou esta temporada, quando esteve parado em duas fases da época, tendo regressado aos relvados no fim de semana passado. Roberto Martínez contou com ele quando esteve disponível e volta a manter essa confiança para a fase final do Europeu.

26
Eslovénia-Portugal (Miguel A. Lopes/Lusa)

FRANCISCO CONCEIÇÃO

Data de Nascimento: 14/12/2002

Naturalidade: Coimbra

Clube: FC Porto

Posição: Avançado

Internacionalizações: 1

Fases finais: Estreia

Apanhou o comboio do Euro 2024 depois da época de afirmação no FC Porto, onde foi um fator distintivo numa temporada cinzenta. Na hora de escolher, Roberto Martínez decidiu apostar no rasgo e na relação privilegiada com a baliza de Francisco Conceição. Estreou-se na seleção em março, na última convocatória antes do Euro, curiosamente com a mesma idade de Sérgio Conceição, o seu pai e treinador, que teve uma longa carreira com a camisola de Portugal, em 56 internacionalizações, 12 golos e momentos memoráveis. Aos 21 anos, Francisco inicia agora esse caminho.

Maisfutebol
Boavista: a mesma luta 7 ago 2023, 11:00
Croácia: os jogadores 18 nov 2022, 16:13
Sérvia: os jogadores 17 nov 2022, 16:34
Bélgica: os jogadores 17 nov 2022, 15:08
Suíça: os jogadores 16 nov 2022, 13:36
Camarões: os jogadores 15 nov 2022, 15:46
EUA: os jogadores 15 nov 2022, 00:38
Irão: os jogadores 14 nov 2022, 23:24
Uruguai: o guia 11 nov 2022, 18:42
Gana: o guia 11 nov 2022, 15:09
Brasil: o guia 10 nov 2022, 21:39
Qatar: o guia 7 nov 2022, 10:43
Portugal: os jogadores 2 nov 2022, 00:32
Portugal: o guia 1 nov 2022, 23:42
Alemanha: o guia 25 jun 2022, 00:45
Bélgica: o guia 25 jun 2022, 00:00
Dinamarca: o guia 24 jun 2022, 23:55
Irlanda do Norte: o guia 24 jun 2022, 16:02
Áustria: o guia 24 jun 2022, 14:13
França: o guia 24 jun 2022, 00:00
Países Baixos: o guia 23 jun 2022, 23:24
Portugal: o guia 23 jun 2022, 20:41
Inglaterra: o guia 23 jun 2022, 11:38
Suécia: o guia 23 jun 2022, 00:00
Suíça: o guia 23 jun 2022, 00:00
Itália: as jogadoras 22 jun 2022, 20:04
Suíça: as jogadoras 21 jun 2022, 23:28
Bélgica: as jogadoras 21 jun 2022, 23:17
Noruega: as jogadoras 20 jun 2022, 23:35
França: as jogadoras 20 jun 2022, 14:32
Dinamarca: as jogadoras 19 jun 2022, 22:20
Suécia: as jogadoras 17 jun 2022, 00:10
Islândia: as jogadoras 16 jun 2022, 23:17
Finlândia: as jogadoras 16 jun 2022, 15:14
Inglaterra: as jogadoras 16 jun 2022, 01:24
Portugal: as jogadoras 31 mai 2022, 18:34
Polónia: a análise 11 jun 2021, 23:48
França: a análise 11 jun 2021, 13:53
Eslováquia: a análise 11 jun 2021, 00:00
Espanha: a análise 11 jun 2021, 00:00
Escócia: a análise 10 jun 2021, 22:40
Croácia: a análise 10 jun 2021, 22:39
Inglaterra: a análise 10 jun 2021, 22:39
Portugal: a análise 10 jun 2021, 22:01
Suécia: a análise 10 jun 2021, 21:14
Ucrânia: a análise 10 jun 2021, 01:20
Áustria: a análise 10 jun 2021, 01:19
Rússia: a análise 9 jun 2021, 00:11
Finlândia: a análise 9 jun 2021, 00:10
Suíça: a análise 8 jun 2021, 00:11
Turquia: a análise 8 jun 2021, 00:11
Finlândia 7 jun 2021, 00:24
Escócia 7 jun 2021, 00:23
Suíça 7 jun 2021, 00:23
Suécia 7 jun 2021, 00:23
Dinamarca 7 jun 2021, 00:23
Espanha 7 jun 2021, 00:22
Ucrânia 7 jun 2021, 00:22
Itália 7 jun 2021, 00:22
Países Baixos 7 jun 2021, 00:22
Bélgica 7 jun 2021, 00:21
Turquia 7 jun 2021, 00:21
País de Gales 7 jun 2021, 00:20
Macedónia do Norte 7 jun 2021, 00:20
Rep. Checa 7 jun 2021, 00:20
Polónia 7 jun 2021, 00:20
Croácia 7 jun 2021, 00:19
Áustria 7 jun 2021, 00:19
Hungria 7 jun 2021, 00:19
Rússia 7 jun 2021, 00:19
Alemanha 7 jun 2021, 00:18
Eslováquia 7 jun 2021, 00:18
Inglaterra 7 jun 2021, 00:18
França 7 jun 2021, 00:17
Portugal 20 mai 2021, 23:45
100 anos do Sp. Braga 18 jan 2021, 23:51